Nossos Valores

Valor 1 – Prioridade ao ensino bíblico.

Somos comprometidos com a transparência, com a ética cristã e com fazer sempre e somente aquilo que é embasado pela Palavra de Deus, sem nos deixar levar por vãs filosofias e sutilezas . Col. 2.8; 2 Tm 3:14-17; Tg 1:23-24; Hb 4:12.

Valor 2 – Pluralidade de liderança.

Composta por homens íntegros e reconhecidos pela igreja. Ex 18: 13-27; 1 Tm 3; Tt 1

Valor 3 – Evangelização à partir do estilo de vida.

Porque Deus se importa com os perdidos, nós também nos importamos. Amamos o pecador, porém, não compactuamos com o pecado – Rm 3.23, 6.23

Valor 4 – Planejamento  baseado  nos propósitos.

Os alvos devem ser funcionais, realísticos e objetivos. A igreja deve ser culturalmente relevante, enquanto permanece doutrinariamente pura. 1 Co 9:19-23; 1 Co 16:5-12

Valor 5 – Na sua reprodução, a igreja deve desenvolver o discipulado.

A reprodução é conforme à imagem de Cristo. O discipulado não é uma opção, mas uma ordem (“fazei”). Devemos nos envolver para tornar um indivíduo em um discípulo frutífero de Jesus.

Valor 6 – A igreja deve ser caracterizada por um povo ativo em um ministério – num lugar certo, pelas razões certas.

Os departamentos e obreiros auxilia os membros a identificar o seu perfil de servo e os adequar em um ministério específico. 1 Pe 4:10,12; Rm 12:3–8

Valor 7 – O amor deve permear o cuidado de uns pelos outros.

Devemos buscar os que estão lá fora… Não podemos nos descuidar dos que estão aqui dentro para promover a edificação mútua. Cl 3:12-17; Gl 6:1,2

Valor 8 – A igreja deve dar ênfase ao fortalecimento das famílias.

Tanto o A.T. como o N.T. ensinam que, prioritariamente, os pais devem transmitir o ensino da Palavra de Deus aos filhos; os cônjuges devem amar e respeitarem-se mutuamente. Dt 6:4-9; Ef 5:18-6:4

Valor 9 – Busca de excelência implica em mudanças e transformações.

Buscar excelência traz honra a Deus e reflete o seu caráter. Crescimento pede avaliação, planejamento e trabalho árduo. Mt 23:13-36; Cl 3:17

Valor 10 – Na dinâmica da vida, a fé deve ser exercitada e desenvolvida.

O povo precisa ter sua fé desafiada para crer naquilo que Deus pode fazer, da maneira como Ele quer fazer, no tempo que Ele determinou para fazer. 2 Co 8 e 9; Rm 1:16,17

Valor 11 – A igreja deve trazer sempre uma consciência clara e prática de mordomia.

A total consagração e submissão ao Senhor são características do discípulo frutífero de Jesus. 2 Co 9:7-13; Cl 3:17

Valor 12 – A igreja deve desenvolver uma atitude correta em relação a adoração e oração.

Somos desafiados a glorificar a Deus por aquilo que Ele é, louvá-Lo por aquilo que Ele fez e celebrar pelo que Ele tem feito. Rm 14:17; Sl 145; Sl 150